ASSOPRE AS VELAS MAMÃE!

texto-assopre-as-velas

 

Não importa quantos filhos uma mulher tenha, o primeiro ano de cada criança é também o primeiro ano dela numa nova faceta, agora como mãe. De nada adianta experiência, livros, teorias, pois cada indivíduo é único e os perrengues também. Rs

O bebê nasce apenas uma vez, mas uma mãe, ah, essa nasce e renasce tantas outras.

Muito se fala sobre o 1 ano do bebê. Sobre o nascimento. Os primeiros noventa dias do bebê se adaptando a vida fora do útero, às crises de crescimento, cólicas, dentinhos, introdução alimentar. Um mundo de descobertas. Mas muitos se esquecem que todas essas descobertas também se aplicam e englobam a MÃE.

O Puérperio pode ser tão doloroso quanto solitário. As pessoas se solidarizam tanto com o bebê, mas poucas se lembram da mãe, que se sente perdida, por vezes insegura e muitas vezes mal tem um colo para se aconchegar. A sociedade sabe e entende que bebês não nascem prontos, que todo seu crescimento, físico e mental envolve processos, mas cobram que a mãe nasça pronta, feliz e imersa num mundo materno de comercial de margarina.

Daí cara amiga mãe de fé camarada, o desespero é grande, porque mãe não nasce pronta! Mãe tem crise de crescimento, picos de surtos, ela também terá de aprender a dar seus primeiros passos, agora como cuidadora de outra pessoa. E acreditem, por mais amor que possa existir, isso assusta às vezes.

E esse primeiro ano de vida, do bebê e daquela mãe, é realmente crucial. De lindas e doces descobertas, mas também de noites em claro, desapego e dificuldades. Não que os próximos anos não sejam importantes ou fáceis, longe disso, mas esse primeiro ano é o início de uma conexão duradoura, de abrir mão de muitas coisas em prol do seu filho, de enfrentar tempestades e dias de sóis, de estar para ele agora e para sempre.

Por isso, se eu pudesse dar algum conselho a uma nova mãe, seria: FAÇA UMA FESTA, COMEMORE O PRIMEIRO ANINHO. Não precisa ser festão ou ter decoração, muito menos Buffet, mas nem que seja um bolo, de padaria ou cupcake, ah isso tem de ter! E  compre uma vela, a acenda e naquele parabéns assopre também para longe todos os medos, culpas e dificuldades que a assombraram neste primeiro ano. Olhe para seu bebê e para você. Quantas mudanças e dificuldades, mas você está ali, em pé, firme e forte, sobreviveu e conseguiu!

Se parabenize mãe, tanto quanto ao seu filho. Você merece!

Lucinha Marinzek.

 

Anúncios

Uma opinião sobre “ASSOPRE AS VELAS MAMÃE!

  1. Verdade… Depois de tanta duvida, me sinto feliz por ter optado por fazer um bolinho. Juntos atravessamos momentos fortes e a comemoração marcou uma passagem para uma nova fase.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s