COMO ESCOLHER O MELHOR REPELENTE

SENTA QUE LÁ VEM INFORMAÇÃO!

mom applies bug spray / meant to keep the bugs away / insect repellant

Como se não bastasse todos os incômodos que as mordidas de insetos causam, como: coceira, alergias, inchaço, estamos também nos tempos de Dengue, Zika e  Chikungunya, portanto não podemos marcar bobeira, afinal todo cuidado é pouco, pois ainda não sabemos ao certo todas as complicações que essas doenças podem causar.

Mas sinceramente muitas vezes a gente se sente perdida diante de tantos produtos e tantas informações. Queremos escolher o melhor produto, com maior duração e que realmente seja eficaz.

Já testamos alguns repelentes infantis aqui no blog, você pode conferir nesse link aqui e aqui.

Mas como fazer a escolha do repelente? O que precisamos saber sobre ele?

Pensando nisso resolvi pesquisar sobre esse assunto, e hoje trago os dados dessa pesquisa pra vocês.

QUAIS AS SUBSTÂNCIAS APROVADAS PELA ANVISA QUE SÃO EFICAZES  PARA AFASTAR O AEDES AEGYPTI?

Os produtos disponíveis no Brasil autorizados pela Anvisa são a base de: DEET, Icaridina, IR3535, e óleo de eucalipto limão, citronela e outros óleos essenciais, com menor eficácia.

TODOS OS COMPONENTES TEM O MESMO PODER CONTRA O AEDES AEGYPTI?

Não, os componentes não possuem a mesma eficácia. Além disso, a concentração do componente presente no produto, poderá também determinar maior efeito do repelente.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE AS SUBSTÂNCIAS: DEET, ICARIDINA E IR3535?

O IR3535 é menos tóxico, portanto é indicado principalmente para crianças acima dos 6 meses aos 2 anos de idade. Seu tempo de ação é de aproximadamente 4 horas.

DEET é o repelente mais comum, presente na grande maioria das marcas.

Para os adultos a concentração desse princípio ativo gira em torno de 14%, com o tempo de ação de 4 a 5 horas.

Já para as crianças acima de 2 anos por terem uma pele que permite uma absorção maior e mais nociva das substâncias os produtos trazem uma concentração de 6% a 9% da substância, geralmente tem um tempo de ação de 2 horas.

ICARIDINA, é o mais potente repelente disponível no Brasil, pelo fato de durar mais tempo na pele,  porém  bem mais difícil de encontrar no mercado devido a grande procura.

A concentração desse componente nos repelentes infantil (acima de 2 anos) e adulto é de 25%. A duração informada pelo fabricante é de até 10 horas.

A PARTIR DE QUE IDADE AS CRIANÇAS PODEM USAR REPELENTE?

A partir dos 6 meses aos 2 anos de idade, são permitidos o uso de repelente a base de IR3535.

Dos 2 anos aos 12 anos é indicado usar repelente infantil que pode ser a base de DEET ou Icaridina.

A partir dos 12 anos, está liberado para usar repelente de adulto.

Bebês com menos de 6 meses NÃO DEVEM USAR REPELENTE E SIM MEDIDAS DE PROTEÇÃO, como mosqueteiros e telas por exemplo.

GESTANTES, podem e devem usar repelente.

COMO APLICAR O REPELENTE?

Ele deve ser espalhado por igual nas áreas expostas do corpo, exceto nas mãos (principalmente a de bebês, que têm o costume de levá-las à boca).

Depois de aplicar o produto em você ou no seu filho, lembre-se de lavar também as suas mãos.

Nunca passe repelente nas partes da pele que ficam embaixo das roupas. Primeiro, porque não é necessário. O tecido já protege. Segundo, porque o repelente tem uma composição química forte e a roupa potencializa o contato com a pele, além de oferecer calor, facilitando a absorção e aumentando os riscos de reações.

COM QUE FREQUENCIA O REPELENTE DEVE SER APLICADO?

O tempo de reaplicação do repelente normalmente deve ser de acordo com as recomendações do fabricante.

No entanto, o uso do repelente deve ser feito de forma regrada e sem exageros, não sendo indicado aplicar mais do que três vezes ao dia, por aumentar o risco de absorção e de toxicidade.

É RECOMENDADO DORMIR COM REPELENTE NO CORPO?

Não. A medida deve ser evitada por todas as pessoas, mas principalmente por crianças e gestantes. Antes de dormir, remova o produto com água e sabão, do contrário, a pele fica exposta por um período muito longo, o que pode favorecer uma absorção em excesso.

Durante a noite o mais indicado é o uso dos repelentes de tomada, e medidas de proteção, como telas, mosqueteiros, pijamas que cobrem maior parte do corpo, etc…

PLANTAS E PRODUTOS CASEIROS SÃO EFICAZES NO COMBATE AO AEDES AEGYPTI?

Os “inseticidas naturais”, ou seja, produtos caseiros formulados à base de citronela, andiroba, óleo de cravo, etc. não possuem comprovação de eficácia nem a aprovação pela Anvisa até o momento.

Assim, velas, odorizantes de ambientes, limpadores e incensos que indicam propriedades repelentes de insetos não estão aprovados pela Anvisa.

OS REPELENTES DE TOMADA SÃO EFICAZES CONTRA O AEDES AEGYPTI? POSSO DEIXAR O APARELHO LIGADO O DIA TODO?

Os repelentes de tomada registrados pela Anvisa tiveram a eficácia comprovada contra o Aedes Aegypti. Contudo, vale ressaltar que essa eficácia foi comprovada com um grupo de mosquitos criados em laboratório. É possível que mosquitos presentes no meio ambiente apresentem resistência ao produto. Para saber se o aparelho pode ficar ligado o dia todo, consulte as instruções de uso na embalagem.

EM QUE DEVO PRESTAR ATENÇÃO AO ANALISAR O RÓTULO DAS EMBALAGENS?

  • Tipo de Ativo repelente (IR3535, DEET, Icaridina),
  • Concentração;
  • Indicação de faixa etária;
  • Frequência de aplicação;
  • Duração do efeito repelente;
  • Data de validade.

OUTRAS DICAS QUE PODEM AJUDAR

–  Leia todo o rótulo antes de aplicar o produto e conserve-o para consulta.

–  Mantenha os repelentes fora do alcance de crianças e não permita sua auto aplicação.

–  Evite o uso próximo a mucosas (boca, nariz, olhos, genitais) ou em pele irritada ou ferida.

– Para uso na face, primeiro aplique o produto nas mãos e então espalhe no rosto com cuidado.

–  Procure vestir roupas brancas nas crianças, pois roupas coloridas atraem os insetos, assim como perfumes.

–  Os dispositivos ultrassônicos e os elétricos luminosos com luz azul são ineficazes.

–  Não deve-se utilizar produtos combinados com filtros solares, pois eles costumam ser reaplicados com uma frequência maior e os repelentes não devem ser aplicados mais do que três vezes ao dia em crianças.

– Se for usar hidratante ou protetor solar, espere uns 15 minutos até secar bem e só então aplique o repelente. O repelente deve ser o último a ser aplicado.

– Evite o uso de hidratantes e cosméticos com perfume, pois eles atraem o mosquito.

– Evite roupas muito coladas ao corpo, pois elas possibilitam a picada do inseto.

– Resfrie o ambiente com ar condicionado ou ventilador.

–  O suor atrai os insetos.

–  Evite aplicação nas mãos das crianças e por baixo das roupas. Sempre lave as mãos após aplicar o produto.

–  Use quantidade suficiente para recobrir a pele exposta e evite reaplicações frequentes.

–  Se suspeitar de qualquer reação adversa ou intoxicação, lave a área exposta e entre em contato com o serviço de intoxicação. Se necessário, procure serviço médico e leve consigo a embalagem do repelente.

– Devem-se procurar produtos aprovados pelo Ministério da Saúde e/ou Anvisa, pois garantem que o produto seja eficaz e seguro.

O mais importante no combate ao mosquito da dengue é evitar que ele prolifere, não deixando acumular água, principalmente em pneus, no lixo, nos copos plásticos, tampas de garrafas, latinhas, etc.

É importante manter o quintal da casa e as calhas limpas, sem água empoçada. Recolher o lixo e fechá-lo no saco plástico e não jogar lixo no chão são medidas simples e práticas para salvar vidas.

Espero que a matéria possa sanar algumas dúvidas.

Bjs,

Paula 😉

FONTE:
http://portal.anvisa.gov.br
http://saude.ig.com.br
http://www.sbd.org.br
https://pediatriadescomplicada.com
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s