INTRODUÇÃO ALIMENTAR COM BLW: GUIA PRÁTICO E DICAS!

SENTA QUE LÁ VEM INFORMAÇÃO

BLW (baby led weaning)

Quem nos acompanha no facebook e instagram sabe que a introdução alimentar da Micaela (9 meses) foi um CAOS. Com a irmã, Marília, tudo fluiu fácil. Ela comia PAPINHA amassadinha mesclada com os alimentos em pedaços, sozinha, mas na época eu sequer sabia que isto tinha nome e que era BLW.

Daí fui toda confiante, si achanu, com Micaela. Oferecia PAPINHA e ela recusava, dava ânsia. Meu deus! Não forçava. Resolvi, no desespero, testar dar a ela o alimento. Nunca mais vou esquecer dela com a banana, interessada, feliz, mal comeu, mas pelo menos não chorou. E assim COMEÇOU…e fui lentamente me inserindo nesse mundo diferente e respeitador do BLW.

Respeitador porque é o BEBÊ que escolhe o que comer, o quanto comer, é uma descoberta diária, lenta, gradual.

MAS O QUE É BLW? Criado pela britânica Gill Rapley, consultora em saúde e autora do livro Baby-led Weaning, o termo refere-se a uma alimentação sem o uso de colheres, papinhas ou mingaus, guiada pelo bebê. Os pais colocam os alimentos cortados ao alcance e eles escolhem quando e como levar os pedaços à boca. “O BLW não é novo – pais do mundo inteiro têm praticado há anos. O que acontece é que agora isso tem nome”, esclarece Rapley.

COMO COMEÇAR PELO MÉTODO BLW? Depois de colocar o bebê sentado, junto à família, na hora das refeições, é importante disponibilizar alimentos apropriados. Pense em porções e formatos que a criança consiga pegar com as mãos e levar sozinha à boca.

No INÍCIO prepare-se para o bebê APENAS brincar com a comida. Lamber, brincar, será tudo uma descoberta para ele e para você também, descoberta da PACIÊNCIA cara amiga rs.

No começo tudo escorrega, cai no chão, outras vezes o bebê ignora solenemente a comida, mas siga FIRME, te juro que melhora, e acredite, é super legal!

MAS E OS CORTES DE COMIDA? COMO OFERECER OS ALIMENTOS?  Um dos segredos do sucesso desse método é saber cortar e oferecer os alimentos de modo que EVITE engasgos e facilite para o bebê manusear, segurar e comer o alimento. Eu comecei sabendo NADA, muitas leitoras me auxiliaram na page com dicas e pesquisei muito em sites também.

Exemplos de cortes de alimentos:

blw-1

Imagem via

https://mamaeeapegada.wordpress.com/page/3/

blw-2

Imagem via google

blw-3

Imagem via

https://nutripediatra.com/2016/01/20/apresentacaotipos-de-cortes-dos-alimentos-no-blw-parte-1/

receita-bolinho-pure-3

Quando a Mi passou dos 8 meses, ofereço os alimentos também em rodelas, tipo cenoura, abobrinha, bolinhos etc…

bolinho mandioca 4

Bolinhos, hambúrgueres assados são uma boa no método

Receitas das comidinhas e bolinhos assados que fiz e faço para Micaela seguindo o método: HAMBÚRGUER, BOLINHO DE ARROZ, BOLINHO DE BATATA, BOLINHO DE BATATA DOCE

blw-4

A primeira vez dela com MANGA por exemplo, eu deixei parte da casca (higienizei bem antes) para ela conseguir segurar sem escorregar, ela AMOU. Hoje em dia corto em diagonal mas nem precisa mais casca.

MAS E OS ENGASGOS? Não vou mentir, podem acontecer SIM, portanto é preciso a MÃE estar bem segura da sua escolha, saber como agir em caso de engasgos (leia mais sobre isso e como agir nesse POST). Se a mãe tiver com medo, insegura, isso passa automaticamente para a criança. Aqui, Micaela NUNCA engasgou, ela tem os chamados GAGS, reflexo de gag, que nada mais é que algo muito rápido e eficaz. O próprio bebê entende que não conseguirá engolir tal alimento, tosse e o expele. É um reflexo de proteção. Rápido. Normalmente aqui Micaela tosse 1, 2 vezes no máximo e expele. NUNCA precisei intervir, MAS sempre estive ALI, PRESENTE, pronta para agir caso precisasse.

Eu nunca tive medo, confesso, sou meio diferentona, tenho medo é de não comer kkkkkkkkk. E talvez por eu passar tanta segurança a ela, ela também se sentiu segura e tudo fluiu.

E A SUJEIRA? Sinceramente não acho tudo isso que povo fala não, suja sim lógico, mas quando era papinha com Marília sujava também. Não sei se é porque, novamente, nem ligo, quero é que coma kkkkkkkkk. Se vai sujar não importa. Limpo até o teto, mas coma fia de deus rs

COMO SABER SE O BEBÊ ESTÁ COMENDO O SUFICIENTE? Amiga mãe de fé camarada e noiada, isso realmente, não tem como saber hahahaha. Pelo BLW não éigual papinha, que a gente conta colherada, sabe quanto comeu não. Muito vai pro chão, muito se esmigalha nas mãozinhas, e muito também se come rs. Micaela no começo levava 1 hora se alimentando, demorava, mais brincava que ia e eu sabia que ela estava satisfeita (ou cansada rs) quando começava a ficar irritada, chorar. Daí eu PARAVA. O blw reitera que até 1 ANO DE IDADE o leite materno AINDA É SIM o principal alimento, então se você amamenta fique tranquila, aqui eu oferecia e ainda ofereço SEMPRE o peito após as refeições. Uma sobremesa rs.

Mas caso você NÃO amamente, e tem dúvidas por exemplo se seu bebê almoçou bem, após cerca de 1 hora, ofereça a mamadeira, se ele tomar tudo, com afinco, você saberá se tem ou não fome. Isso é feeling também, intuição de mãe sabe,que a cada dia conhece e reconhece em seu bebê sinais de cansaço, dor, fome etc…

SIGA SEU INSTINTO. OBSERVE SEU BEBÊ. CONFIE NELE E NO MÉTODO. QUE FLUI.

CONCLUSÃO E MINHA OPINIÃO SOBRE O MÉTODO: Eu tinha duas opções. Insistir em papinha, forçar ela e conseguir ou talvez viver num eterno sofrimento OU deixar ela escolher, respeitar isso dela querer comer sozinha e ter paciência. Escolhi a segunda opção. E hoje, 3 meses após, agradeço por ter feito isso. Ela come cada dia mais e melhor, mesmo sem ter DENTES ainda gente.

Hoje em dia por exemplo aceita muita coisa amassadinha (a chamada introdução alimentar participativa, que mescla os métodos), MAS come sozinha, com a colher. Por exemplo PURÊ: dou a tigela, colher e ela vai que vai, é uma sujeirada, fica purê até nos cabelos mas come bem, com colher ou com a mão. Nunca forcei isso nela, é dela.

Portanto, o que eu penso é: de nada adianta você forçar um bebê, num sofrimento para ambos, a comer em papinha se ele não quer, do mesmo modo que nada adianta também a mãe querer e forçar BLW se o bebê é daqueles que tem nojo, que não gosta de comer sozinho.

Sou do tipo de mãe que não condeno nem julgo. Se você dá papinha ÓTIMO, se bate no liquidificador OK, se oferece apenas em pedaços no BLW tudo bão também. O importante é o que dá certo na SUA casa, com o SEU bebê. Cada família é única e cada casa é um caso rs.

Se quiser saber MAIS AINDA sobre o MÉTODO BLW, SUPER indico o site TA NA HORA DO PAPA, da Aline, ela é mara e tem reportagens INCRÍVEIS. Segue link: https://tanahoradopapa.com/

Espero que tenham gostado.

Beijos,

Lucinha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s