A INTRODUÇÃO ALIMENTAR DA MICAELA

E eis que os 6 MESES DA MICAELA CHEGARAM e com ele a INTRODUÇÃO ALIMENTAR.

introdução alimentar Micaela

Primeira papinha: esta cara de feliz foi só disfarçe, porque assim que ofereci a papinha de banana começou o auê.

Preciso confessar que não tava com pressa não kkkkkkkk, ai amamentar tão mais fácil, ali prontinho, sem sujeira, sem caos hahaha (pronto confessei rs), eu gosto mesmo é quando o bebê começa a comer a comida da casa, aí comemoro rs rs, porque essa vida de faz papinha todo dia, que agonia, gosto não rs.

Bom, e vamos por partes. A pediatra das meninas segue um jeito bem lento e gradual de introdução que eu MEGA CONFIO E APROVO (de forma alguma isso significa que se seu pediatra faz diferente é porque tá errado viu, cada caso é um caso, cada casa é uma casa rs).

introdução alimentar Micaela 2

Maçã devidamente higienizada e pré cozida com casca, cortei em pedaços grandes, e ofereci a ela com a casca (para facilitar para segurar) e morninha. Amou o sabor.

RESUMINDO:

  1. Introduz ÁGUA e FRUTAS (as básicas primeiro: BANANA, MAÇÃ, PÊRA E MAMÃO). 3 dias cada fruta, para observar caso aja reação alérgica, gastro, você  mãe saber do que foi.
  2. No MEU caso introdução de outro leite. SIM, estou introduzindo outro leite fora o leite materno. MAS POR QUEÊEEEEEEEEEE LUCINHA? Porque cansei dessa vida de ordenha. Ou seja: em casa ela terá tetê quando e quanto quiser, livre demanda segue mas quando eu estiver trabalhando ou sair com Marília por exemplo, mamadeira com NAN SEM LACTOSE (leite escolhido devido a intolerância dela). Não, não pretendo nem desejo o DESMAME, mas no meu caso a demanda e ordenha dia todo tava muito exaustivo.
  3. Introduz ALMOÇO. Primeiro o básico. Papinha com APENAS 2 ingredientes, caldo de carne ou de frango e algum legume. AQUI a primeira papinha e introdução da Marília, falei neste POST.
  4. Oferecer a mesma papinha por três dias para observar se dá reação. Aí você pode acrescentar 1 terceiro item. A pediatra delas inclusive nem gosta muito, mesmo depois de vários meses, daquelas papinhas com 5, 6 ingredientes misturados. Mas por quê? Simples, para a criança desenvolver o PALADAR por cada alimento, porque se você coloca muitos legumes, folhas etc na papinha, ela mal sabe o que está comendo, ou então, oferecer 1 por vez, em pedaços, seguindo o método BLW, aí sim pode oferecer grande variedade.
  5. Após 15 dias oferecendo almoço com no máximo 3 ingredientes na papinha (1 caldo de carne + 1 carboidrato + 1 legume) e FRUTA na parte da tarde, aí inicia  o JANTAR. Que é durante 1 mês intercalando SOPA DE FUBÁ CASEIRA com ou sem caldo de carne caseiro e MINGAU DE AVEIA CASEIRO (não aqueles conhecidos industrializados rs). E por quê isso? Para bebê e intestino acostumar bem com a comida noturna sem riscos de diarreias, estômago muito pesado etc.
  6. Daí começa GRADATIVAMENTE a apresentar folhas, verduras no almoço, arroz e caldo do feijão por ex. Outras frutas surgem como MANGA, MORANGO, LARANJA etc. A janta se torna o repeteco do que teve no almoço. Tudo lento. Depois vem o OVO. Carne de porco e peixe ela SÓ libera APÓS  10 meses. Industrializados SÓ libera após 2 anos, MAS EU confesso, para a Marília dei alguns alimentos considerados proibidos, como chocolate, com 1 ano de idade rs.

NA TEORIA TÁ LINDO, MAS E NA PRÁTICA?

Quem acompanha pelo facebook e instagram sabe do CAOS. Micaela simplesmente ODEIA PAPINHA, a consistência talvez. Mudei colher, prato, modo de oferecer, amassei mais, menos, liquidifiquei, achei que era a fruta (banana) mas daí vieram outras frutas, caos continuou, ela chora, cospe, grita.

Sou da OPINIÃO que o BEBÊ deve guiar a introdução alimentar, e bem, ela tem guiado. A única maneira de ficar feliz e se interessar pelo alimento, é em PEDAÇO, comer sozinha, o famoso e atual BLW (que pra mim, desculpem rs, nada mais é que se vira nos 30 baby rs).

Mas a verdade, sendo sincera, acho que idealizei demais a IA da Micaela, esperava o mesmo sucesso e facilidade que foi com a Marília. Sempre pensei que na introdução alimentar do bebê quem ia aprender era ele. Porém me enganei, o aprendizado ocorre com todos os envolvidos, pai, mãe, avós (quando juntos). O aprendizado ocorre todos os dias e em cada refeição, requer paciência, pois algumas “lições” levam mais tempo para serem assimiladas. E quando o bebê não come, a paciência e respeito tem de se tornar mantras, pois sem eles fica impossível seguir.

introdução alimentar micaela 4

Dicas ótimas de cortes de alimentos no site: http://www.nutripediatra.com

E se é assim que ela gosta, assim será. Obviamente, que com o método BLW, o processo é mais lento e gradual. O bebê primeiro vai se interessar por comida, depois aprender a comer (mastigar) para só então comer de verdade. OU seja: atualmente lá em casa é MAIS SUJEIRA que COMIDA NO ESTÔMAGO DELA rs. Comer mesmo, quase zero rs. (estamos com 2 semanas de introdução alimentar)

ÁGUA: ela tem amado. Tomando bem todo dia, pede, já sabe segurar o copinho de transição. SUCO não dei ainda.

FRUTAS: parece gostar mais do sabor das ácidas, como manga, uva, pena que não consegue segurar direito hahaha, dá duas lambidas e vapt pro chão rs.

LEITE: Quase desisti. Nos dois primeiros dias recusou o leite. Sorte que prevendo problemas deixei meu leite ordenhado no congelador. Persistimos. No terceiro dia aceitou um pouco e no quarto dia em diante tomou TUDIM eeeeeeee. Graças a deus segue também firme no leite materno, em todos os momentos que estou em casa, em livre demanda e pretendo seguir assim, sem horários até pelo menos 1 ano.

PAPA SALGADA: Continuo tentando oferecer em papinha, mas, assim como as frutas, ela odeia. Já experimentou batata doce cozida, batata comum, cenoura, gostou bastante, especialmente da batata doce (chorava quando a batata escorregava da mãozinha dela e caía rs). AMOU brócolis, ficou fascinada, dá gosto de ver rs. Carne (frango e de boi, grelhados) ficou fascinada e chupa o caldinho até rs.

introdução micaela 6

Batata inglesa e batata doce cozidas ao ponto e assadas no forno + frango grelhado com pitada de sal e azeite e cortado em tiras. Micaela fitness rs

Não teve reação alérgica nem diarreia etc com nada até agora.

E assim seguimos, no TEMPO DELA, devagar quase parando, 1 dia por vez, mas to confiante rs rs.

Mais para frente, para quem tem interesse no método BLW farei um post sobre ele,  um guia sobre cortes de alimentos, como oferecer etc…que no momento, eu também to mais aprendendo do que nunca rs.

Me desejem SORTE.

Beijos,

Lucinha.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s