FIM DA LICENÇA MATERNIDADE VERSUS ALEITAMENTO MATERNO

Atualmente, apesar de muitas empresas maiores (como multinacionais) e também servidores públicos já terem direito a licença maternidade de 6 meses, a grande maioria das empresas ainda utiliza os 4 meses exigidos por lei. Daí você retorna, tem seu bebê, quer muito manter aleitamento exclusivo até 6 meses e…se desespera.

Contudo, hoje eu venho contar a minha história e também o depoimento de outra amiga (foi nela que me inspirei) mostrando ser SIM possível manter o aleitamento, você precisará, mais do que nunca, de PLANEJAMENTO.

DEPOIMENTO LUCINHA: Meu retorno ao serviço aconteceu dia 20/06/16, com Micaela com recém completados 5 meses. 15 dias antes comecei a ORDENHA. Retornei APENAS no período da tarde, igual fiz com Marília também, para ainda ter a manhã toda livre com elas e a noite também. Meu salário cairá pela metade, mas no caso da minha família, optamos e tbm podemos ter essa opção, economizamos durante toda gestação e também agora para esse período. No total são 5 horas fora de casa, perdendo 1 mamada. Chego em casa e primeira coisa que faço é dar de mamá a ela, que me espera faminta hahaha.

armazenamento leite materno 2

Com roupa do serviço, mal entro em casa e é a primeira coisa que faço rs

Desde nascimento da Micaela eu OPTEI para na minha ausência oferecer MEU LEITE A ELA NA MAMADEIRA. É um risco, e poderia sim ter ocorrido o desmame, visto que pode acontecer confusão de bicos, contudo eu assumi este risco, rezei e fiz. Graças a Deus aqui com ela não diminuiu interesse no peito de forma alguma.

O IDEAL é TREINAR e oferecer o LEITE MATERNO ao bebê em copos (como de café, ou até copinhos de treinamento) ou de colher.

Mas caso você também queira arriscar e tentar mamadeira, pesquisei muito e a considerada “menos pior” no quesito confusão de bicos é a da PHILIPS AVENT PÉTALA. Ela tem um fluxo super lento (inclusive mesmo ela com quase 6 meses, continuo usando o bico 1, para recém nascido, para o fluxo seguir bem lento) e o bico dela tenta imitar o formato e tamanho do bico do seio.

Como no meu caso sempre que eu ia sair com Marília, ou quando a irmã internou etc Micaela usava mamadeira, não houve treinamento, visto que ela já estava acostumada a tomar meu leite com outras pessoas (vovó e papai) na minha ausência. Ela está ficando com MINHA MÃE, então meu coração segue tranquilo, pois ela é a pessoa que mais confio neste mundo, e graças a deus não estranhou nada e se ADAPTOU MEGA BEM tanto às horas sem a mamãe aqui e sem o tetê.

ORDENHA e ARMAZENAMENTO: Eu comecei um estoque 15 dias antes. Após toda mamada dela durante o dia, eu ordenhava e ia guardando no mesmo pote na geladeira (na geladeira o leite pode durar até 12 hrs), no final do dia ETIQUETAVA COM DATA E HORA DA ORDENHA e CONGELAVA. No outro dia recomeçava. Se por acaso no dia eu não conseguisse a quantidade desejada (ideal deixar cada pote com a quantidade já certa e calculada para ser oferecida ao bebê em uma mamada), no outro dia eu ordenhava e acrescentava o que tirei naquele dia ao pote do dia anterior (já devidamente etiquetado e no congelador) e pronto.

Também ordenho na empresa, 1 vez no período da tarde.

armazenamento leite materno

Meu estoque, tudo devidamente etiquetado, bem fechado e conservado.

PROCESSO DA ORDENHA: Em casa utilizo a BOMBA MANUAL PHILIPS AVENT PETALA e optei por comprar os potinhos de armazenamento da marca, que facilita e se acopla a bombinha. Esterilizo bombinha e também pote, além de lavar minhas mãos com água e sabão e molhar os seios. DICA: Como ordenho várias vezes ao dia, para evitar ficar lavando e esterilizando toda hora a bombinha, eu a deixo na geladeira após a ordenha (dica essa que peguei num grupo de aleitamento materno com consultoras).

armazenamento leite materno 3

Esta é a bombinha que utilizo. Eu gosto dela, acho eficiente, preço justo, não machuca os seios.

Na empresa ordenho MANUALMENTE, sem bombinha, e sendo bem sincera, depois que se pega o jeito sai tanto quanto com a bombinha rs. Vou ao banheiro (infelizmente único local disponível) lavo as mãos, braços até cotovelos e seios com água e sabonete e ordenho diretamente no pote já esterilizado. Não tenho muito tempo para ordenha, mas tento normalmente por 5 a 10 minutos. Guardo na geladeira imediatamente após ordenhar, e antes de sair coloco num recipiente térmico, uma bolsinha que fica dentro da minha bolsa normal. Saio da empresa, busco Marília na escola e só aí vou para casa com o leite ordenhado, ele fica cerca de 40 min a 1 hr ali. E pode? Pode! LEITE MATERNO EM TEMPERATURA AMBIENTE dura entre 60 min a 2 horas e em SACOLAS TÉRMICAS (como meu caso) dura até 4 horas.

COMO CALCULAR QUANTIDADE: Olha, aqui foi a pediatra que calculou, cerca de 120 ml para cada mamada, no caso Micaela tem 5 meses. Deu muito certo, tiro 130 ml, ela mama tudo ou deixa apenas um restinho e nunca chorou pedindo mais não. Mas achei uma calculadora na internet que é: o peso da criança x 150, e dividir pela quantidade de mamadas/dia.

Por ex: Micaela tem 7 kilos e faz cerca de 7 mamadas/dia. Portanto: 7 x 150 = 1050 / 7 = 150 ml. (como ela não é tãaaao faminta assim nem tão gordinha pela natureza dela mesma, adequei quantia em 130 ml e deu super certo).

Eu aconselharia a mãe a tentar tirar um pouco mais nos primeiros dias para observar e não faltar, eu fiz isso e fui adequando.

DESCONGELAR LEITE MATERNO: Leite materno NÃO pode ser fervido pois perde os nutrientes. Aqui faço assim, quando acordo para tomar café já tiro o POTE do congelador contendo o leite para aquela tarde (sempre escolhendo o recipiente mais antigo do congelador e que não esteja congelado há mais de 15 dias) e o deixo na porta da geladeira, para ir descongelando lentamente. Na parte da tarde, quando ela acorda e quer mamar, minha mãe tira da geladeira, coloca numa panela com 1/3 de água e vai descongelando e aquecendo em banho maria (deixamos morninho), tomando o cuidado para a água não ferver.  Parece difícil e demorado mas não é não. Em 5 minutinhos leite já está na mamadeira e Micaela usufruindo rs.

Acho que o sucesso é planejar bem antes, testar e treinar o bebê com o recipiente que ele tomará seu leite na sua ausência e acreditar em você mesma.

armazenamento leite materno 4

Para auxiliar vocês, esta tabelinha montada pela doutora Erica Mantelli.

DEPOIMENTO LUZIANGELA: A volta ao trabalho é um tormento para qualquer mãe, mas principalmente para aquela que pretende amamentar exclusivo até o 6° mês. Como a licença maternidade é apenas 4 meses isso complica mais a nossa vida, no meu caso consegui 1 mês de férias e assim voltei e o meu bebê tinha 5 meses. Minha meta era amamentar exclusivo até o 6° mês (somente leite materno) e após isso uma amamentação prolongada, juntamente com a introdução alimentar e morria de medo de um desmame precoce então fiz tudo que não atrapalhasse a amamentação. Ele não chupou chupeta e não dei mamadeira (confusão de bicos).

Com 3 meses de idade comecei a treiná-lo com um copinho de treinamento simples (Bico rígido, sem válvula de vazamento nada), sem muito investimento, baratinho. Esgotava manualmente meu leite e intercalava as mamadas uma eu dava no copinho, (claro ainda complementava com o peito, era apenas um treino). Até ele aprender a deglutir, fui devagar, até que ele aprendeu.

armazenamento leite materno 6

Olha que ideia legal a desse copinho.

ORDENHA E ARMAZENAMENTO: Assim fiz estoque de leite 10 dias antes da volta ao trabalho, comprei vidros com a tampa de plástico que é o recomendado e fazia manualmente. Congelava. Coloquei etiquetas para saber qual leite esgotei primeiro. Como nem tudo são flores 3 dias antes de voltar, meu desespero aumentou em saber que teria que deixar meu bebê, tudo muito novo, meu primeiro filho, e como nosso psicológico afeta o leite, imediatamente não conseguia mais esgotar manual, desesperei mais. Até que com ajuda de uma amiga querida ( um anjo que eu não conhecia) me doou uma bombinha da Avent ( que já dei meu relato AQUI), minha salvação.

armazenamento leite materno 5

Ela usou pote de vidro com tampa plástica, devidamente esterilizados

HORÁRIO DE SERVIÇO: Então trabalho das 8:00 as 18:00, com 1 hora e 10 de almoço, até completar 6 meses temos direito aquelas 2 meias horas, que eu decidi pegar 1 hora no final do dia para ir mais cedo para casa,  não tinha lugar na empresa para amamentação, a principio pensei em ordenhar no banheiro ( errado) pois pode haver contaminação, mas não via outro jeito, mas como tudo se ajeita, achei uma salinha das zeladoras e me enfiei lá dentro, minha rotina era essa, almoçava correndo tudo e ia ordenhar, colocava em uma bolsa térmica e deixava na geladeira da empresa, chegava em casa congelava.

Minha mãe amada que ficava com ele, me sentia muito tranquila por isso, e o mais, minha mãe não me questionou em fazer isso, mesmo sendo diferente para ela, ela fez o que eu pedi.

DESCONGELAR O LEITE MATERNO: Com o tempo ela se tornou mais prática, quando eu deixava o leite lá ela já deixava na geladeira para descongelar e  uma garrafa térmica com água quente, ( pois bebês não tem paciência para esperar não) aí descongelava em banho maria e oferecia para ele no copinho, temperatura ambiente, menos que  morna.

Quando eu chegava em casa sempre livre demanda, á noite, madrugada e manhã e daí eu ia trabalhar. Fim de semana ele se acabava no mamá dele. Trabalhar e amamentar não é fácil, mas não é impossível. Tivemos um desmame natural com 1 ano e meio sem traumas para ambos, tudo muito tranquilo.

armazenamento leite materno 7

Fds com tetê mega liberado hahaha

Meninas, espero que este post as ajude.

Beijos,

Lucinha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s