COMO AGIR EM CASO DE ACIDENTE DOMÉSTICO COM CRIANÇAS! GUIA BÁSICO DE PRIMEIROS SOCORROS!

PRIMEIROS SOCORROS!

No meu último post falei sobre como PREVENIR E EVITAR acidentes domésticos com crianças, AQUI! mas todas sabemos, que por mais cuidado que tenhamos, algo pode acontecer. Obviamente ninguém deseja nem quer que um acidente ocorra, mas devemos estar preparadas, para saber como AGIR e até COMO E PARA QUEM pedir socorro! POST UTILIDADE PÚBLICA!

QUEIMADURAS DE 1 GRAU:

Queimaduras de primeiro grau deixam a pele vermelha e podem causar um pouquinho de inchaço.É importante resfriar a área queimada o mais rápido possível, aplicando compressas frias ou colocando o local na água fria por 10 a 15 minutos. Isso impede que a queimadura continue atingindo camadas mais profundas da pele. Depois pode-se secar com cuidado a região da queimadura e cobrir com gaze. Não precisa passar nenhum tipo de pomada na hora. Dê um anagélsico (o comum utilizado pela criança) para dor. Se surgir uma bolha na região queimada. não faça nada. A bolha serve de proteção contra uma infecção bacteriana. Nunca estoure uma bolha. (FONTE: BRASILBABYCENTER)

QUEIMADURAS DE 2 E 3 GRAU:

Em primeiro lugar, é fundamental afastar a criança do perigo. Se a roupa dela pegar fogo, uma toalha ou qualquer tipo de pano jogado por cima consegue apagar o fogo. Em seguida, já LIGUE PARA O 192, DA EMERGÊNCIA. No caso de queimaduras por água quente ou por produtos ácidos ou alcalinos, deve-se imediatamente retirar as roupas da criança,(com uma tesoura e muito cuidado, evitando puxar pois pode sair a pele junto, MAS SE OBSERVAR QUE O TECIDO COLOU AO CORPO, NÃO FORCE NEM TENTE DESCOLAR, AGUARDE A AMBULÂNCIA) tanto a roupa como o líquido fervente como esses produtos químicos continuam a queimar a pele se mantidos em contato.
Se possível, coloque um pano limpo ou gaze estéril úmidos sobre a área queimada, ou deixe a criança na água corrente, mas não tente fazer nenhum tratamento sozinho. É importante não colocar a mão na queimadura e tentar não assoprar nem respirar perto dela, porque a área fica muito exposta a infecções. (FONTE: BRASIL BABY CENTER)

CHOQUE ELÉTRICO:

choque 2

Imagem: Google.

Se a criança ainda estiver presa na tomada, desligue a chave geral ou o interruptor da chave. Se não tiver, tente soltar a criança usando algum material isolante (cabo de vassoura, borracha). NUNCA toque na criança enquanto ela estiver presa pois você também levará choque, e portanto também precisará de ajuda.  A seguir, busque ou chame por socorro médico de urgência (192 ambulância ou 193 bombeiros) porque órgãos internos podem ter sido atingidos e podem apresentar complicações sem que nada tenha sido visto externamente, além da importância de uma avaliação cardíaca, mesmo em choques de pequena intensidade.Lavar a região do choque com água pode ajudar no alívio da dor, na higiene para prevenir alguma infecção. Não automedique.

Caso aja perda de consciência e também não pulsação nem respiração, e o resgate ainda não tenha chegado, FAÇA UMA MANOBRA DE RESSUSCITAÇÃO:

choque

Respiração boca a boca.

  • Coloque o bebê de barriga para cima numa superfície firme. Se houver sangramento, pressione o ferimento com um pano.
  • Incline a cabeça do bebê para cima, levantando um pouco o queixo.
  • Inspire, guarde o ar e cubra a boca e o nariz da criança com a sua boca. Caso a criança seja maior, você pode cobrir só a boca e tampar o nariz dela com seu polegar e seu indicador, vedando as narinas. Sopre devagar o ar, tomando cuidado para ele não escapar, até observar que o peito dela sobe. Se o peito subir, faça duas respirações seguidas, fazendo uma pausa entre elas para deixar o ar sair. Caso não veja o peito subir comece intercalando a respiração e as compressões.
    Trace uma linha imaginária entre os mamilos do bebê e coloque dois ou três dedos juntos um pouco abaixo dela. Faça pressão firme para baixo, afundando o peito da criança cerca de 2 cm. Faça 30 compressões rápidas, mas não bruscas (cada uma deve durar menos de 1 segundo). Quando completar as 30, faça mais duas respirações

ENGASGAMENTO:

engasgo

Imagem: Google.

EM CRIANÇAS: Enlaçar a vítima com os braços em volta do abdome. Posicionar-se atrás da vítima, de joelhos. Uma das mãos permanece fechada sobre a chamada “boca do estômago” (região epigástrica). A outra mão, comprime a primeira, ao mesmo tempo em que empurra a “boca do estômago” para dentro e para cima, como se quisesse levantar a vítima do chão. Efetuar movimentos de compressão para dentro e para cima, até que a vítima elimine o corpo estranho.

EM BEBÊS: Posicionar o bebê de bruços em cima de seu braço e efetuar 5 compressões entre as escápulas (no meio das costas).Virar o bebê de barriga para cima em seu braço e efetuar 5 compressões sobre o esterno (osso que divide o peito ao meio), na altura dos mamilos.Tentar visualizar o corpo estranho e retirá-lo delicadamente. Se não conseguir, repetir as compressões até a chegada a um serviço de emergência (pronto socorro ou hospital).

EM AMBOS OS CASOS, NO CASO DE VÍTIMA INCONSCIENTE E SEM RESPIRAÇÃO, EFETUAR TAMBÉM EM CONJUNTO, A MANOBRA DE RESSUSCITAÇÃO, CITADA ACIMA NO POST. (FONTE: HOSPITAL EISTEIN)

AFOGAMENTO:

afogamento

Imagem: Google.

Remova o bebê ou criança da água e veja se ele está respirando. Em caso positivo, deite o bebê sobre o lado esquerdo do corpo para ele expelir a água.

Se não estiver respirando, faça respiração boca a boca e massageie o tórax da criança.(MANOBRA DE RESSUSCITAÇÃO CITADA NESTE POST) É muito importante que a respiração do pequeno seja recuperada o quanto antes, para evitar que ele sofra alguma lesão cerebral. Em seguida, procure atendimento médico com urgência.

INTOXICAÇÃO:

Cuidados com a segurança do socorrista, evitando que este entre em contato com o produto intoxicante. Remover a vítima para local arejado. Afrouxar as vestes e, caso estejam contaminadas, retirá-las, cortando-as. NUNCA deixar a vítima sozinha. Lavar abundantemente o local afetado com água corrente. Se os olhos forem afetados: lavar com água corrente durante 15 minutos e cobri-los, sem pressão, com pano limpo ou gaze. Em caso de INGESTÃO DO PRODUTO PELA CRIANÇA, não provocar vômito. Não oferecer água, leite ou qualquer outro líquido.

Transportar a criança/bebê em posição lateral, a fim de evitar aspiração de vômito, se ocorrer. Levar junto, restos da substância, recipientes, embalagens e aplicadores. (FONTE: HOSPITAL EISTEIN)

 QUEDAS E FRATURAS:

Se o bebê ou criança cair e bater a cabeça, a criança deve ser avaliada por um médico. Os pais precisam ficar atentos a vômitos e ao estado da criança. Nos casos leves, colocar gelo no local ou bolsa térmica. Em todos os casos observar atentamente se a criança tem sonolência, apatia, vômitos em jato, irritabilidade, dor de cabeça e choro constante, convulsões ou abalos musculares. Se ela estiver amuada, confusa ou não dormir direito, o melhor a se fazer é levá-la ao hospital assim que possível. Não deixar a criança dormir se ela bater a cabeça, pois pode ser perigoso é um mito, segundo os médicos. 

Se surgir um galo ou fratura simples, o inchaço persistir e tiver muito hematoma, é muito provável que tenha ocorrido algum tipo de comprometimento ósseo. LEVE A UM HOSPITAL E EVITE FICAR MEXENDO NA CRIANÇA. 

TELEFONES DE EMERGÊNCIA: (sempre bom ter a mão e na mente)

190 POLÍCIA MILITAR

192 SAMU (SERVIÇO DE EMERGÊNCIA)

193 BOMBEIROS

MENINAS, ESPERO QUE NENHUMA DE NÓS NUNCA PRECISE USAR UMA DESSAS DICAS, MAS CONFESSO QUE GOSTEI DE FAZER ESTE POST, POIS MUITAS COISAS EU NÃO CONHECIA, INCLUSIVE SE ACONTECESSE EU NEM SABERIA COMO PROCEDER. BOM SEMPRE SE INFORMAR PELA SAÚDE E CUIDADOS DOS NOSSOS PEQUENOS. 

Beijos,

Lucinha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s