ASSADURAS NO BEBÊ – O DOSSIÊ! COMO PREVENIR, CUIDAR E TRATAR!

Se tem uma coisa que ora ou outra uma MÃE terá de enfrentar, é a danada da ASSADURA. Por mais cuidado que se tenha, ela surge, em alguns mais amena, em outros bebês mais recorrente e complicado, mas vez ou outra surge. Dói na criança e dói mais ainda na gente.

Apesar de no geral ser algo comum, especialmente nesta época do ano (calor, umidade) o sofrimento é grande, e também por isso, cá estou eu para falar do assunto.

Pesquisei muito, conversei com a pediatra da Marília, com várias amigas, li enúmeros artigos e eis aqui: DOSSIÊ ASSADURAS…COMO EVITAR, CUIDAR E TRATAR!

Assaduras

Imagem: Google.

O QUE É UMA ASSADURA? A assadura é uma inflamação cutânea causada pelo contato da pele com as fezes e urina. É uma lesão de pele comum devido a umidade do local, afetando crianças entre 0 a 3 anos de idade normalmente. Ela deixa a pele vermelha, levemente inchada e pode evoluir para bolhas e feridas, causando desconforto e dor no bebê.

CAUSA: A principal causa é a umidade. Recém-nascidos fazem xixi o tempo todo, e também defecam com frequência. Nem as fraldas com o máximo poder de absorção conseguem tirar toda a umidade do contato com a pele do bebê, que é muito delicada. Se a troca de fralda demorar muito, é quase certo que haverá assadura. Mas o problema pode aparecer também mesmo com trocas frequentes e com todo o cuidado, dependendo da sensibilidade da pele de cada criança. Bebês mais velhos podem acabar tendo assaduras em decorrência de mudanças na alimentação, diarreia ou até recorrentes por alergias alimentares. (FONTE: Brasil Baby Center)

DICAS PARA PREVENIR: 

  • Nunca demore muito para trocar a fralda, especialmente se tiver cheia (fezes ou urina).
  • Higienize bem após cada troca, especialmente nas dobrinhas, evitando deixar ÚMIDO ao colocar a fralda.
  • Dê preferência ao algodão (aqui uso aqueles redondos, normalmente usados para remover maquiagem) que aos lenços umedecidos. Marília quase nunca teve assaduras, raríssimo, atribuo a isso SORTE (sim, pq depende da pele da criança tbm rs) e ao ALGODÃO (nunca usei lenço, raríssimo, somente em viagens e fora de casa). Por mais boa que seja a marca, ele deixa úmido e por vezes causa alergias. Se preferir usar ok, mas aguarde até ver que está SECO o bumbum para recolocar a fralda.
  • Não aperte muito a fralda e no calor evite excesso de roupas e roupas apertadas.
  • Evite talcos, perfumes ou esses produtos que podem, além de não melhorar, piorar e causar assaduras e alergias.
  • Evite lavar as roupas do bebê com sabão em pó comum e amaciantes, dê preferência (pelo menos até o 2 ano de vida) ao sabão de cocô e aqueles próprios para lavar roupas de criança.
  • Se seu filho estiver com diarreia e virose, aumente mais ainda as trocas de fralda e atenção redobrada a cada troca na higienização, prefira lavar na água (sem sabonete), deixando secar naturalmente que esfregar a área com lenço, algodão, toalhas.
  • Na época da introdução alimentar, redobre seus cuidados, evite oferecer muitos alimentos novos no mesmo dia. O ideal é oferecer o MESMO ALIMENTO (novidade) por três dias seguidos, e apenas ele, para observar a reação do organismo. Porque, por exemplo, se o bebê tiver uma alergia, diarreia ou assadura você saberá EXATAMENTE qual alimento que o causou.
  • Não exagere no uso de pomadas para prevenção, por vezes, o exagero pode além de não evitar, fazer com que elas aparecem, porque deixa a área úmida demais. (eu aplicava apenas 2 vezes ao dia, na troca da manhã e da noite, pois não tinha assaduras)

COMO TRATAR? Mesmo você cuidando, tendo aquele carinho especial, eis que as danadas surgem, E AGORA JOSÉ?

  • Dê preferência a lavar o bumbum da criança com água após cada troca (sem sabonete), e deixe secar naturalmente. Mas se estiver viajando, ou não for possível, dê preferência ao ALGODÃO, apenas úmido e depois seque com outro algodão, seco.
  • Não use lenço umedecido nem talco quando estiver com assaduras.
  • Troque a marca da fralda, talvez pode ter sido ocasionada por uma alergia etc.
  • Chá de camomila morno e concentrado na água do banho ajudam a acalmar a pele.
  • Maisena na água do banho também ajuda bem (aqui uso sempre que resolvem aparecer).
  • Diminua o tempo de troca de fralda, melhor ainda, se puder, deixar alguns momentos sem ela. Por exemplo, com ela aberta enquanto a criança assiste tv, para a pele respirar melhor e evitar que a umidade piore a situação.
  • Preste atenção na alimentação do bebê, se existe diarreia recorrente ou assadura não melhorar etc, vá ao MÉDICO, pode ser algum tipo de ALERGIA ALIMENTAR.
  • Higienizar com 100 ml de água morna e 1 colher chá de bicarbonato de sódio (tomando cuidado para não esfregar).
  • RECEITA DE PASTA MILAGROSA para assaduras mais fortes: Após o banho, lavando apenas com água e maisena, deixe secar naturalmente e passe essa mistura no bumbum do bebê: polvilhe maisena numa tigela + pouco de pomada tratamento para assaduras com nistanina + bem pouco de pomada com valerato de Betametasona + Cetoconazol (aqui uso a Novacort, MAS, SEMPRE, foi indicada pela pediatra dela, NUNCA JAMAIS compre sem antes falar com seu médico de confiança) + óleo de amêndoas (ou girassol se preferir). Misture tudo e passe (pouco, sem exagero) nas feridas, sem esfregar. Deixe a pomada se absorver um pouco na pele, deixe a criança sem fralda durante um tempo e depois coloque a fralda. Faça a mistura de 1 a 3 vezes/dia dependendo do grau da assadura. Quem me passou essa receita foi uma amiga, a filha dela teve APVL (alergia a proteína do leite de vaca) e teve assaduras horriveis devido a isso. Usei quando Marília teve virose e diarreia e foi ÓTIMO.

A ASSADURA PODE SE AGRAVAR? Pode. Se não forem bem tratadas, as assaduras podem causar o aparecimento de bolhas e até de feridas na pele. Nos casos mais sérios, as feridas podem ser porta de entrada para a instalação de micoses, como a candidíase (mesma causadora do sapinho) e até de infecções bacterianas. Pode surgir até febre. Se você estiver tratando e não houve melhora do quadro, leve ao PEDIATRA. 

assaduras 2

Imagem: Google.

ESPERO QUE TENHAM GOSTADO,

Um beijo,

Lucinha.

Anúncios

2 opiniões sobre “ASSADURAS NO BEBÊ – O DOSSIÊ! COMO PREVENIR, CUIDAR E TRATAR!

  1. Gostei muito do artigo principalmente duas alternativas naturais. A minha Lara tem pele atópica (pai e mãe alérgicos no historial não ajudou) e apesar disso só se revelou depois dos dois anos. Até lá não tivemos problemas e Ela também nunca teve assadura apesar dessa sensibilidade da pele. Eu acho que foi pelo cuidado que tivemos. Para mudar a fralda usamos sempre algodão com água morna (mantínhamos um termo com água na casa de banho) e deixava arejar um pouco antes de colocar de novo a fralda. Melhor deixar secar ou secar com toques suaves do que e esfregar a pele. Pelo menos uma vez por dia deixava uns minutos sem fralda: conselho da vovó (o pior que pode acontecer é o bebê fazer chichi mas se colocar uma toalha no colo não será problema). E não usava creme, só colocava se a pele ficasse sensível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s