TESTAMOS: 3 MODELOS DE CONCHA DE AMAMENTAÇÃO

SENTA QUE LÁ VEM TESTE!

CONCHA1

Um dos assuntos mais polêmicos nessa vida materna é a tal da amamentação. Por isso, antes de mais nada, queremos deixar claro que nossa intenção aqui não é recomendar ou incentivar o uso da concha de amamentação. Queremos apenas relatar a experiência que tivemos com o uso desse produto.

Falaremos aqui sobre 2 tipos de concha:

BASE RÍGIDA: indicada para o período de preparação dos seios para a amamentação

BASE FLEXÍVEL: indicada para o período pós parto.

CONCHA PARA PREPARAÇÃO DOS MAMILOS – BASE RÍGIDA – PROMILLUS

rígida

OPINIÃO LUCINHA: Comprei e comecei a usar umas 2 semanas antes do parto. Coincidência ou não, o colostro deu ares e logo após o parto (mesmo tendo sido cesárea) o colostro já desceu com força. Após o parto comecei a usar a de base flexível, contudo como Marília não fazia a pega correta (e eu demorei uns dias para entender e resolver isto) meus seios machucaram MUITO,  e o que salvou foi o de base rígida novamente. Usava para dormir, passava pomadinha e o próprio leite para cicatrizar. Gostei bastante e usarei novamente.

MINI CONCHA PARA SEIOS – BASE FLEXÍVEL E ORIFÍCIO PEQUENO – PROMILLUS

PROMILLUS

OPINIÃO LUCINHA: No pós parto e até meus seios cicatrizarem verdadeiramente (cerca de 1 mês) e a situação estar já sob controle, eu usei. Todo dia, dia todo, até saía com, basicamente nem marcava nas roupas e evitava que ficasse vazando, manchando. Para amamentar, quando eu estava utilizando a concha na rua, eu ia até um banheiro, tirava, esvaziava, e aí sim retornava e oferecia o peito. Contudo, se fosse apenas uma voltinha pela rua eu saía sem para evitar transtornos (tipo, de ter de esvaziar a concha no meio da rua rs). Prefiro a concha que os absorventes dos seios (ficam saindo do lugar rs conforme você anda). Como não tive alta produção de leite em momento algum (snif), nunca tive aquele problema que muitas mães relatam da concha se encher tanto de vazar. Usarei novamente com a Micaela.

CONCHA BASE FLEXÍVEL – SAVEMILK

SAVEMILK

OPINIÃO PAULA

Eu comprei a concha pensando que seria algo prático de usar e que me pouparia dos indesejáveis vazamentos e aconteceu justamente o contrário, não achei nada prático principalmente pra sair de casa, eu tirava a concha pra amamentar a Lara e o que eu fazia com o leite acumulado? Sei lá achei estranho aquele leite acumulado na concha todo mundo reparando e as vezes nem tinha um lugar adequado para jogar o leite e lavar a concha para colocá-la novamente. Pode ser que tenha sido falta de preparo meu, pois confesso que não me informei direito sobre esse assunto.

Observe na figura, a concha possui uns furinhos, que segundo a marca servem para deixar os mamilos arejados, para auxiliar na cicatrização, mas esse foi outro ponto que não gostei, eu tive bastante leite, não vencia esvaziar a concha, e ao menor movimento de me inclinar o leite vazava pelos furinhos e melhorava a minha roupa.

Resumindo, aderi ao método da fraldinha de pano, arrumava de forma que não ficasse muito volumosa no seio e achava super prático na hora de amamentar, apenas afastava a fralda e pronto. Se tiver um próxima vez continuarei adepta da fralda novamente.

Para elucidar melhor nossa opinião, eis NOSSA TABELA COMPARATIVA:

tabela concha amamentação

Até o próximo teste,

Beijos,

Paula e Lucinha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s