TESTAMOS: 2 MODELOS DE CINTA PÓS PARTO

SENTA QUE LÁ VEM TESTE!

CINTA

E aí o bebê nasceu, mas a barriga continua lá, afinal foram 9 meses pra chegar até onde chegou, é claro que ela não voltará ao normal instantaneamente não é mesmo?

Quando o bebê nasce uma série de acontecimentos físicos e hormonais começam a acontecer enviando mensagem ao útero para que ele volte ao normal. Salvo alguns casos raros que vemos por aí de vez em quando, a barriga vai demorar alguns meses pra voltar ao normal.

Amamentar é uma excelente forma de ajudar a sua barriga voltar ao normal, dar de mamar estimula a produção de hormônio que fazer o útero contrair e voltar ao tamanho normal. Exercícios também são ótimos aliados, lógico que com a devida liberação do seu obstetra.

Mas e a cinta pós parto?

O assunto é polêmico, uns apoiam, outros não, por N motivos. O importante é você tirar todas as suas dúvidas e definir juntamente com seu obstetra se deverá usar ou não e por quanto tempo deverá fazer.

Se você optou em fazer uso da cinta pós parto, hoje trazemos nossa opinião sobre 2 modelos do produtos.

CINTA COTTON ESBELT 404

Esbelt

OPINIÃO PAULA

Quando comecei a procurar por um cinta pós parto, eu tinha em mente duas coisas, não queria com sutiã e nem fechada embaixo como calcinha, por motivos óbvios… São coisas que precisam ser trocadas diariamente, e como Lara nasceu no inverno eu tinha medo que não secasse tão rápido para usar novamente. E realmente como tive bastante leite eu trocava de sutiã 2x por dia porque sempre vazava bastante. E menstruei muito no pós parto também. Acredito ter feito uma boa escolha optando por esse modelo.

A cinta dessa marca, é bem forte e comprime bem o abdômen, ela é feita de cotton e por fora de um material emborrachado e não daqueles tecidos fracos e finos como os de lingerie. As talas não incomodam e nem ficam espetando. Uso até hoje como cinta modeladora, quando preciso usar uma roupa mais justa pra esconder a barriguinha e modelar mais a cintura.

Quanto ao resultado, milagre ela não faz, rsrsrs. Aliás acredito que nenhuma faça, como tive parto normal consegui me movimentar normalmente desde o término do parto. Fui usar a cinta 3 dias após o parto, e como ela comprime bem, eu usava apenas em um período do dia.

 CINTA PÓS PARTO MORISCO 261

MORISCO

OPINIÃO LUCINHA:  Acho que fiz uma escolha errada, sobre ser um modelo com calcinha, eu usava outra calcinha por baixo mas daí ficava incômodo. Me apertava demais também. Acabei deixando-a de lado e usando uma calcinha redutora da Lupo (nem é para gestante ou pós parto), apenas tem o cós mais alto (atinge até umbigo), comprime bem, é sem costura e super, super confortável rs. Continuei usando mesmo após muito tempo pós parto essa da Lupo,com vestidos etc. Tanto que tenho de várias cores, estou usando agora grávida e usarei depois que Micaela nascer, no lugar da cinta.

tabela cinta pós parto

Anúncios

Uma opinião sobre “TESTAMOS: 2 MODELOS DE CINTA PÓS PARTO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s