OLHA QUEM ESTÁ FALANDO!

TEXTO LU

-Ai to tão encucada, acho ela tão pequena perto das outras!
-Ah, eu acho ela normal, desencana. E a minha, que é bem maior e cheinha? Todo mundo fica de olho nas dobrinhas e chama de gordinha!
-Você levou ao médico?
-Olha, escutei o doutor dizer que é normal, que é biótipo, mas estranho às vezes.
-Hum, a minha é tão pequena, quieta sabe, não fala muito.

-Ixe, aqui fala até demais! Fala todas as palavras, fala o dia todo!
-Sério? Ai encanei agora, será que é normal?
-Ah, cada uma é de um jeito, tudo no seu tempo, é o que dizem.
-É. Ai difícil. A sua deu os primeiros passos quando?
-Ah, ela trupica até hoje sabia? Dá uns tropeços. Demorou viu.
-A minha corre dia todo, para lá e para cá, é um sufoco! A sua come bem? A minha não come nada, não fica quieta para fazer uma refeição, fico tão preocupada!
-Ixe a minha ama comer, qualquer coisa que aparece traça para dentro!

-hahaha, que bom! Aqui pelo menos não come direito, mas pelo menos não fica acordando a noite nem me chamando.
-Ih, a minha acorda, fica me observando sabe, gosta de dormir grudada tadinha, sou o tutu dela.
-hahaha, que fofa! E como que está a ida dela ao banheiro?Vai toda hora, faz direitinho?
-Então, to achando ela atrasada viu, nem vejo tomando água.
-Acorda a noite para fazer xixi?
-Não acorda não. E aquele vício lá da sua, conseguiu tirar?
-Ixe que ta complicado, é vício né, não larga, quer toda hora.
-Ai, li uns artigos que diz para tirar de uma vez viu.
-Será?

-Ah tenta, igual dengo. Eu evito viu, ela quer toda hora, mas eu evito, porque dizem que não faz bem, que mima muito elas!
-Olha, nunca pensei por esse lado. Vou pesquisar. E a sua anda com bom comportamento? Porque aqui olha, chora, reclama, vive temperamental.
-Ah, a minha é até tranqüila, mas volta e meia surta, dá uns berros, quer bater sabe?
-Sei. Aqui a minha chora muito, mas é mais quieta, não bate não.
-Melhor assim viu, e a sua divide as coisas?
-Que nada, é ciumenta, possessiva, não gosta de ninguém perto de mim.

-Ixe a minha tem horas que vai numa boa, outras dá chilique. A sua come besteiras, chocolate?
-Come. Não sei se é bom, saudável, mas faço vista grossa, pelo menos dizem que ajuda na TPM.

-Tensão pré menstrual?
-Não, tensão pós maternidade! Minha mãe sofre disso.
-Ah, a minha também! Olha, é uma loucura! Bom, foi bom te ver, até mais na semana que vem no parquinho ta?
-Tá, boa sorte para nós com nossas MÃES!

-Vamos precisar! Ser filho de primeira viagem não é uma pracinha!

Eu comparo, tu compara, ele compara, nós comparamos, vois comparais, agora imagina se eles, nossas crianças também vivessem nessa eterna noia materna, comparando nós com as outras mães? Hahaha

Ser mãe é celebrar e criar o filho que você tem, não o ideal de filho que você pensou que teria. É compreender que ele é exatamente a pessoa que deveria ser. E se você tiver sorte, ele será a pessoa que lhe ensinará a ser a mãe que você deveria e pode ser.

Por Lucinha Marinzek.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s