MAS AFINAL O QUE É CRIAÇÃO COM APEGO?

image

apego

a.pe.go (ê) sm (de apegar) 1 Afeição, afeto, inclinação. 2 Afinco, constância, tenacidade.

Requisitos básicos para toda mãe não é mesmo? Vamos entender então porque ouvimos tanto falar em CRIAÇÃO COM APEGO como sendo uma pratica tão distante dessa definição apresentada pelo dicionário e principalmente do que vivemos diariamente com nossos filhos?

A criação com apego (do inglês Attachment Parenting – AP) não é apenas mais um mimimi das redes sociais, pelo contrário, é uma teoria séria estudada por mais de 60 anos por pesquisadores de psicologia e desenvolvimento infantil. Esses estudos revelam que o desenvolvimento neurológico da criança é amplificado quando ela tem suas necessidades atendidas de maneira consistente. Essas necessidades podem ser resumidas em: proximidade, proteção e previsibilidade.

A intenção da Attachment Parenting International (API), é ir um pouco mais além do que apenas uma definição de dicionário. Sua missão é fornecer um conjunto de ferramentas que ajudem os pais a sair da teoria e efetivamente criar vínculos emocionais fortes e saudáveis com os filhos, através do atendimento consistente e amoroso das necessidades do bebê.

Ao contrario do que diz a “sabedoria” popular atender as necessidades dos bebê não os deixarão mimados e sem limites e nem tão pouco você estará criando um delinquente, ao contrário, você estará proporcionando segurança e confiança para que a criança cresça e possa explorar o mundo lá fora e estabelecer relacionamentos seguros com outras pessoas de sua convivência.

A criação com apego tem suas raízes na teoria do apego que a grosso modo declara que um recém nascido precisa desenvolver um relacionamento com, pelo menos, um cuidador primário para que seu desenvolvimento social e emocional ocorra normalmente.

Para o bebê, apego significa vínculo, proximidade com a finalidade de sobrevivência físico, social e emocional. Se o cuidador não está disponível para atender às necessidades do bebê ocorre a angústia da separação que pode causar raiva, tristeza ou desespero, fazendo com que o bebê tenha sua segurança ameaçada.

Sim os estudiosos definiram um segundo nome para o tão famoso instinto materno do qual sempre ouvimos falar! É esse instinto que grita forte dentro da gente que foi nomeado como criação com apego. Esse instinto que muitas vezes fomos orientadas a não escutar, seja por um conselho sem fundamento, um palpite não desejado, um livro com técnicas mirabolantes que ensinam a adestrar os bebê, com formulás infalíveis para se educar bem uma crianca, e tantas outras formas usadas pra tentar calar o nosso instinto natural de ir de encontro as necessidades dos nossos filhos.

Diante de estudos e pesquisas que comprovam a importância da teoria do apego e para dizer que SIM VOCÊ DEVE ESCUTAR O SEU INTINTO MATERNO  e não sucumbir a teorias furadas de parentes e palpiteiros de plantão, que API criou 8 princípio que auxiliam os pais nesse jornada, ajudando a entender melhor o desenvolvimento dos filhos e a identificar suas necessidades respondendo a elas com respeito e empatia.

Escrevi tudo isso pra dizer pra vocês que a CRIAÇÃO COM APEGO SÃO FERRAMENTAS QUE AJUDAM OS PAIS A CRIAR VÍNCULOS COM SEUS FILHOS. Essas ferramentas se desdobram em 8 princípios e não é preciso seguir todos eles para se dizer que cria com apego. A API reconhece a particularidade de cada família  e aconselha que os pais usem sua própria intuição na criação dos seus filhos. “Use as ferramentas que servem para sua família e deixe o que não funciona de lado”, esse é o lema.

seguranca-pai-e-filha

Para não deixar o texto longo demais, falarei dos 8 princípios da criação com apego no meu próximo texto OK?

Bjs, e até lá!

Paula de Souza

Texto baseado no site: http://www.attachmentparenting.org/portuguese
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s