O ANIMAL DE ESTIMAÇÃO E A CHEGADA DO BEBE

image

Antes de sequer planejarmos sermos os pais da Lara, nós planejamos ser pais de um filho de 4 patas. Sim sei que o peso nessa decisão foi por já sentirmos a necessidade de cuidarmos de alguém, mas com a correria do dia a dia e o medo de enfrentarmos a responsabilidade gigantesca de um filho, nós decidimos fazer um estágio com um cachorrinho.

Loopy foi o nome que escolhemos e ele não poderia ser mais amado e mais bem cuidado do foi aqui em casa. Talvez erro nosso ou não, pois tratamos realmente como o bebe da família. Logo que decidimos engravidar nossa primeira preocupação foi com ele. Muitas pessoas diziam que deixaríamos ele de lado, que não seria possível conciliar as coisas entre um animalzinho e um bebê. Isso me deixava muito triste porque ele era meu filho também, não conseguia me imaginar tendo esse tipo de comportamento que as pessoas diziam. Não conseguia acreditar que meu amor e cuidado com ele diminuiriam com a chegada da Lara.

Sempre conversei com ele como se ele pudesse me responder (e sei que em pensamento me respondia e entendia o que eu queria dizer), e durante a gestação fui explicando a ele as mudanças que iriam acontecer.

E Lara nasceu, passei pouco mais de 24h fora de casa, me falaram para não chegar em casa com ela nos braços e assim fiz, minha mãe entrou com ela e eu fui dar atenção ao Loopy, apresentei… Ele super curioso queria cheirar, mas fiquei com pouco de receio, deixei meio de longe e assim foi o primeiro encontro deles.

Dizer que nada mudou na rotina do Loopy seria mascarar os fatos, não é porque ele é um animalzinho que não sentiu as mudanças, principalmente do tempo que tínhamos disponível pra ele. Mas nosso carinho, atenção e principalmente o liberdade de ir e vir dele dentro da casa continuava a mesma. Sim ele sobe no sofá, sim ele dorme conosco… Minha mãe ficava horrorizada, mas é assim que escolhemos viver.

Aos poucos a aproximação deles foi acontecendo, eu sentia cada vez mais confiança, não em relação a ele pois sei que ele não faria nada, mas sim em relação a ela ser tão pequenina, tão frágil… E ele sempre estava por perto participando dos rituais das mamadas, trocas de fralda, banho, sono e principalmente refeição da Lara.

image

Mas quer saber?

Ele ficou super ciumento e carente. Mesmo com todos os esforços pra que ele não tivesse esse sentimento é assim que percebo que ele ficou… A convivência deles não é daquelas que a gente vê nesses vídeos lindos que circulam pelas redes sociais. Ele gosta de manter certa distância dela, se ela está perto e eu chamo, ele não vem! Se ela vai até ele, ele escapa rapidinho. Ela é meio sapeca e mesmo eu ensinando e com todo exemplo que ela vê do carinho com que tratamos o Loopy , as vezes ela vai em direção a ele com a mãozinha querendo bater. Claro que eu repreendo né? Jamais vou permitir que ela trate qualquer animal que seja como se fosse um brinquedo ou com violência.

Mas acho que ela faz isso também por um pouco de ciúmes, porque com o cachorro da minha cunhada, ela é super amorosa, pede abraço, faz carinho…

Mas se tem uma coisa que eu fico satisfeita em ver é que quando ela dorme e ele deita ao lado dela pra dormir também… Aí eu fico toda mãe coruja!

328 - Cópia

A base de qualquer convivência seja entre os homens, animais e o meio onde se vive, é o respeito. E no nosso caso é também o amor! Pode parecer exagero, mas respeito e amo meu cachorro como um filho que é, não uso dele para satisfazer os caprichos da Lara, e fico imensamente feliz por não ter acontecido como as pessoas falavam e por poder conciliar e amar os dois sem precisar me desfazer dele.

Quanto a convivência deles acredito que com o tempo possa melhorar e ainda serão bons amigos.

IMG_2351

 Bjs,

Paula de Souza

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s