DICAS PARA AS MAMÃES GANHAREM DINHEIRO EM CASA

dinheiro1

O sonho da grande maioria das mulheres quando o bebe nasce é passar pelo menos os primeiros anos de vida bem juntinhos, curtindo cada fase e desenvolvimento do filho, mas infelizmente muitas vezes não se pode jogar tudo para o ar e viver como se não houvesse amanhã.

O mais certo dessa história é que toda mãe e dona de casa deveria ter um salário mensal, não é moleza cuidar de casa, marido e filhos é trabalho por 24 horas. Mas como esse reconhecimento financeiro não chega pelos meios que deveriam chegar muitas mães descobrem dons e habilidades escondidas, arregaçam as mangas e conseguem ganhar seu próprio dinheiro trabalhando em casa.

Quer saber como?

Vem que aqui tem algumas dicas pra você!

1. ARTESANATO

arte

O artesanato abre um leque de opções para se trabalhar:

Artesanatos em Papel (convites, cartões, lembrancinhas, etc…);

Artesanato em MDF (caixas de organização, kit higiene para RN, porta retratos, etc…);

Artesanato em Chinelos (miçangas, personalização, etc…);

Biscuit (topo de bolo, enfeites em geral, lembrancinhas, etc…);

Crochê (tapetes, acabamento em pano de prato, toalhinhas, etc…);

EVA (lembrancinhas, enfeites de mesa, calendários, etc…);

Feltro (guirlandas, bonecas, estojos, etc…);

Fuxico (tapetes, toalhas, chaveiros, etc…);

Patchwork (aplicações em pano de prato, capa de caderno, scrapbook, etc…);

Pintura (em pano, em tela, em parede, etc…);

Costura (conserto de roupas, confecção, etc…)

Bordado (pano de prato, toalhinhas, etc…);

Laços e presilhas para cabelo;

VALE RESSALTAR: Infelizmente muitas pessoas ainda não valorizam a arte como deveriam, por isso de início pode haver alguma dificuldade quanto a se cobrar o que realmente vale. Por outro lado a criatividade e exclusividade empregada nesses objetos podem agregar valor ao produto.

2. ESTÉTICA

este

A mulherada atualmente está sempre em dia com os rituais de beleza.

Manicure;

Maquiadora;

Cabeleireira;

Design de Sobrancelha;

Depiladora;

Massagista;

VALE RESSALTAR: Em alguns casos você consegue um bom dinheiro apenas com o dom que Deus lhe deu e alguns poucos reais, mas em outros é necessário investir tempo e dinheiro em cursos profissionalizantes.

3. VENDAS

vendas1

Os mais variados ramos:

Revendedora de Catálogo (Avon, Jequiti, Mary Kay, Natura, Roupas, Brinquedos, Artigos Religiosos, Cama, mesa e banho, etc…);

Revendedora de Joias (Joias, bijuteria, relógios, óculos de sol, etc…);

Vendedora (Roupas Masculina, feminina e infantil, roupas de academia, artigos eróticos, lingerie, sapatos, etc…);

Buffet (bolo, pães, salgados, chocolates, tortas, doces, etc…);

VALE RESSALTAR: Trabalhar por comissão pode não dar um bom retorno financeiro logo de início, é preciso conquistar clientes e divulgar seu trabalho. O cuidado deve ser grande principalmente quando a venda tem um valor expressivo, infelizmente muitas pessoas por aí tem o péssimo hábito de dar calotes. Dependendo do ramo que escolher talvez precise ter um dinheiro para investir na compra de mercadorias.

4. EXPLORE SEUS CONHECIMENTOS

conhe1

Tradução;

Correção e Edição de Textos;

Professora Particular;

Declaração de Imposto de Renda;

Organização de festas e eventos;

Designer gráfico;

Fotografia;

VALE RESSALTAR: Já que nesses casos parte para prestação de serviço, as vezes não basta querer fazer e sair divulgando, é preciso que as pessoas necessitem do seu trabalho, por esse motivo a renda é incerta.

5. MUNDO VIRTUAL

virtual1

Escrever para sites na internet que pagam pelo seu trabalho freelance;

Marketing e Propaganda com divulgações em páginas e blogs;

Loja virtual (Roupas, importados, divulgue seus trabalhos com vendas e artesanatos, etc…).

VALE RESSALTAR: Construir uma identidade virtual demanda tempo e muita criatividade, é um trabalho prazeroso, mas se está precisando de dinheiro com urgência, ou uma renda mais ou menos fixa fica mais complicado, já que o dinheiro demora entrar.

DEPOIMENTOS

Sabrina Dilélio e família.sabrina

“Mãe novamente aos 34 anos, já tinha uma filha com 13, procurava a todo minuto algo que eu pudesse fazer em casa para estar com as meninas. Com uma máquina de costura parada comecei a desenvolver modelos de roupinhas para bebês, levei 3 madrugadas para desenvolver o primeiro modelo, pois mãe de bebe de 6 meses não tinha tempo durante o dia. Depois de quase 1 mês em um grupo de mães postei meus 3 primeiros modelos, naquela semana recebi mais de 20 encomendas. Logo depois troquei o foco, ainda nas roupas infantis mas dessa vez direcionada para festa de aniversário. Hoje tenho mais de 2.500 mães interessadas como amigas no facebook e preciso negar pedidos pois não consigo dar conta de tudo”.

Sabrina é de Porto Alegre, mas atende todos os estados, e para quem tiver interesse pode conferir um pouco mais desse lindo trabalho na sua loja Minni Luxo no Facebook.

 

image

Natália Ribeiro e filho

“Sou Natália, mamãe do Miguel de 6 anos, Mariana de 4 anos e Ian de 1 ano e 10 meses. Sempre tive o grande sonho de desenvolver na área de informática, entrei na faculdade de sistemas de informação e quando estava penúltimo período fiquei grávida do Miguel. Não vi isso como impedimento para uma carreira de sucesso e não quis deixar q isso mudasse meus planos. Tive ajuda da sogra pra cuidar e voltei a trabalhar antes da licença maternidade acabar. Não amamentei como gostaria, não o vi engatinhar, não o vi sentar e fiquei com essa frustração dentro de mim. Então, quando engravidei da Mariana, estava trabalhando numa empresa que não gostava muito e decidi sair do emprego e ser mãe em tempo integral. Na verdade, acho que quis suprir o que como mãe não tinha vivido com o Miguel. Fiquei em casa por 11 meses até arrumar outro emprego, porque definitivamente não sou boa dona de casa. Gosto de trabalhar e ter minha independência. Neste mesmo emprego, engravidei do Ian e continuei conciliando tudo, mesmo sendo super difícil e não conseguindo dar a eles a atenção que eu gostaria. Só que as crianças crescem, e começam a cobrar porque a mamãe nunca busca na escola, porque a mamãe nunca está em casa, porque a mamãe está cansada. Ou seja, trabalhar num emprego convencional é muito difícil para quem tem filhos, ou 3, como eu. Então optei há dois meses por seguir a carreira autônoma, onde tenho flexibilidade de horário, posso estar mais tempo com meus filhos e já sinto neles muita diferença. Me sinto muito melhor, porque consigo acompanhar d perto a alimentação deles, a rotina e posso me sentir mais mãe. Ao longo da vida, percebi que as prioridades da vida da gente mudam e hoje para mim não é mais tão importante aquela carreira na área de informática. Ter uma carreira de sucesso hoje para mim significa fazer o que gosto e conciliar com meu bem mais precioso que é minha família. Isso para mim é ter sucesso”!

Natália Ribeiro é consultora de beleza Mary Kay.

1F

Aline e os filhos.

Sou Aline, casada com o Júnior, mãe do Felipe de 4 anos e do Fernando de 1 ano. Os “Effes” da minha vida! Sou formada em Administração pela ESPM, atuei em grandes empresas como Banco Real, Unilever e Parmalat. Cursei Matemática na Uninove, depois fiz duas Pós Graduação em Educação Matemática uma na Uninove e outra na Unicamp. Atuei na educação pública por quase 6 anos, mas minha paixão pelas vendas, que descobri aos 11 anos me fez voltar ao ramo novamente! Desde a gravidez do Fernando pensava no que fazer com as lindas roupinhas do enxoval montei com tanto amor e carinho, pois as roupinhas do Felipe eu resolvi doar, mas as pessoas não dão valor. Assim resolvi procurar grupos de vendas no Facebook. Em Janeiro de 2013, recebi um lote de roupinhas de uma mamãe do Canadá para vender, juntamente com as roupinhas que foram do Fernando. Neste momento vi que poderia ser muito legal trabalhar com “desapegos”, forma carinhosa que chamo as roupinhas usadas e conservadas de bebê.  Hoje recebo muitos desapegos e trabalho em consignação da forma mais honesta possível para os dois lados. e estou muito feliz e realizada com meu Brechó Infantil Virtual.

Caso queira maiores informações, pode entrar em contato com a Aline no EFFE’S Brecho Infantil no Facebook.


É claro que em todos os casos citados acima é preciso ser realista, não adianta encarar um artesanato se você não tem dom para isso. Sobretudo é preciso ter amor no seu trabalho, quando se ama o que faz, com certeza se faz bem feito.

Muitas vezes é preciso investir, fazer cursos, comprar materiais… O lucro não vem de imediato é preciso conquistar a clientela.

Assim como no mundo empresarial quanto maior for o seu comprometimento maior retorno você terá. Por isso é importante ter definido quanto tempo você poderá se dedicar a sua nova atividade.

O importante é ter em mente que não existe formula mágica para se ganhar dinheiro ficando em casa, todos os casos possuem vantagens e desvantagens, seja qual for o seu dom você precisa se dedicar, investir, pesquisar. A internet nos auxilia muito nesse processo criativo, porém a grande sacada é: NÃO COPIE NADA! FAÇA ALGO EXCLUSIVO! É a exclusividade que vem ganhando cada vez mais clientes, sempre tem uma maneira nova de se fazer o óbvio, e é aí que você fará a diferença!

Beijos e Boa Sorte!

Paula de Souza

Anúncios

Uma opinião sobre “DICAS PARA AS MAMÃES GANHAREM DINHEIRO EM CASA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s