QUEM ESTÁ EDUCANDO NOSSAS CRIANÇAS?

10579996_841215952579997_4379366985212299999_nAtualmente muito tem se falado na necessidade de educar bem as crianças para que se tornem adultos conscientes no futuro. A cobrança em despertar já na infância a consciência de cidadania está aumentando cada vez mais, e com ela a ilusão de que as crianças de hoje serão a solução do mundo de amanhã.

Crianças livres de preconceitos, preocupadas com questões ambientais, sociais e educacionais, autoconfiantes, bem educadas, empáticas, educadas financeiramente, enfim crianças a beira da perfeição.

E então vos pergunto: QUEM ESTÁ EDUCANDO NOSSAS CRIANÇAS?

O que vemos por aí?

Adultos sem limites, impacientes, que desrespeitam leis e regras da sociedade, que bebe e dirige, que dirige sem habilitação, que espancam, que roubam, se aproveitam das situações, que jogam lixo no chão, que não reciclam seu lixo, que não tem consciência do consumo exagerado de água e energia, que desrespeita o professor e todo seu semelhante, que destrói, incapaz de tolerar pensamentos diferentes, que parte pra agressão, que vende seu voto e suas atitudes, que manipula, que faz chantagem, que ameaça, que dá um jeitinho aqui, outro ali, despreocupados se estão fazendo o mal ou prejudicando alguém. É este tipo de pessoa que mais se tem noticia por aí.

Questões mais severas eu sei, já é caso de polícia e aí já são outros quinhentos, mas o mínimo da educação e respeito ao próximo e ao meio onde se vive está se perdendo, às vezes presenciamos em nossa família, às vezes com os vizinhos, na escola, infelizmente situações como estas tem aumentando muito ultimamente, como explicar para nossas crianças um mundo que está todo errado, mas que cobra delas fazer o que é certo?

Crianças são espelhos das nossas atitudes, por isso precisam de bons exemplo, só teoria não funciona! O exemplo cria o hábito, o hábito de dar bom dia, pedir por favor, dizer obrigado. O hábito de ajudar ao próximo, de não discriminar, de reaproveitar a água, de evitar o consumismo, de respeitar e tratar bem as pessoas, de jogar o lixo no lixo e mais, no lixo correto. Como vou pedir a minha filha respeitar e ser paciente com as pessoas, se na primeira buzinada que levo no trânsito já saio xingando e fazendo gestos obscenos?

O que quero dizer é que a solução do mundo é hoje, com cada gesto meu e seu por menor que ele seja, não podemos depositar em nossos filhos tamanha responsabilidade, que é consertar os nossos erros, e mais ainda, aprender sozinhos como consertar esses erros, já que muitas vezes não possuem estimulo e um bom exemplo em casa.

Muitas famílias, eu sei conseguem transmitir uma ótima educação para seus filhos, e sei também que não é fácil, justamente porque vivemos em um país que prega o “jeitinho brasileiro”, a impunidade, a irresponsabilidade, a corrupção, a malandragem, é como remar contra a maré, muitas vezes falhamos, muitas outras acertamos, o trabalho é de formiguinha.

Um mundo melhor… Quem não sonha com um mundo melhor? Um mundo justo, digno, com respeito a todas as pessoas. Se esse mundo existe ou se ele acontecerá um dia, eu não sei, o que eu sei é que se um dia ele acontecer eu quero ter a minha participação nisso, quero colocar o meu tijolinho nesta construção.

Por Paula de Souza

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s