Senta que lá vem a SUA história

RELATO DE PARTO!!

Esse relato de parto conseguiu me fazer sentir n coisas ao mesmo tempo! Eu ri, chorei, me emocionei, preocupei, revoltei mas acima de tudo…me tocou pela força de vontade dessa mãe! 

Nós aqui da página, acima de tudo, respeitamos as escolhas das mães, queremos informar, nunca julgar!

E qual parto desejamos a todas elas? 

O parto sonhado, desejado, que a escolha da mulher seja respeitada e que esse momento tão perfeito seja lembrado com amor e alegria, e não com impotência e tristeza!!!

Com vcs, esse relato belíssimo da Cintia:

cintia relato parto 3

Ela teve de lutar contra tudo e contra todos para ter seu sonhado parto!!!

E quando pra parir, temos que brigar?
Brigar com sogra intrometida (que achava que eu era muito nova pra suportar a dor de uma parto normal), brigar com marido que acreditava piamente que a cesárea era o melhor caminho. Brigar com o sistema cesarista dos planos de saúde e com obstetras que atendem pelos planos?
Enfim, desde de que descobri a gravidez, passei por muita coisa, com 13 semanas tive descolamento de placenta, fiz repouso e tomei medicação. Com 27 semanas meu tampão começou a sair, e la vamos nós de repouso de novo e dessa vez injeção de celestone (para amadurecer o pulmão do bebe, caso ele resolvesse nascer antes do tempo msm).
Com 28 semanas meu g.o já começou a falar sobre cesárea, dizendo que eu era muito nova, que minha bacia era estreita, que minha anemia não me deixaria parir, e até (pasmem) que meu bebe poderia morrer no canal vaginal!!!
Mas, ele não contava com minha astucia, eu já vinha pesquisando sobre parto humanizado ha tempos, e simplesmente sorri pra ele e fui embora. Agora era caçar outro obstetra, o segundo veio com os mesmos argumentos. E meu marido disse que se o próximo falasse isso também, que faríamos a cesárea e ponto. Ta né, sabe de nada inocente hehe;
A terceira e ultima obstetra me perguntou por que eu com quase 30 semanas estava ali pela 1a vez, expliquei que queria parir e que já havia passado por mais 2 g.o’s. Ela riu de mim e largou “Nossa tão nova com esse pensamento de mulher das cavernas”. Gente por que no brasil hj em dia, é tão absurdo uma mulher querer dar a luz seu filho por parto normal?
Mas eu não podia trocar mais de medico, e continuei com ela. Com 37 semanas ela pediu uma ultra, e com o resultado disse que teriamos que marcar uma cesarea por que meu filho tinha duas voltas de cordão, mas eu ja tinha lido que isso não impede em nada um p.n. Mas achei estranho pq a medica que bateu a ultra, não me avisou sobre a volta de cordão, mas ta né deve ter esquecido. E a g.o marcou a cesarea, pro dia 26/10/2012.
E eu conversando com uma amiga, fiquei sabendo que tinham inaugurado um hospital do SUS na cidade vizinha, maternidade de parto humanizado, na hora tive uma certeza dentro de mim que queria ter meu filho la. E pra convencer marido? “NÃO, NÃO VAI DAR TEMPO, É OUTRA CIDADE”, ele dizia e eu gritava “SE Ñ ME LEVAREM PRA LA, EU PEGO UM ONIBUS E VOU SOZINHA, TO AVISANDO” , “E a cesarea vida? Poxa ja esta marcada”  “HOMEM ENTENDA, EU Ñ QUERO CESÁREA!!!
Pedi ele pra me levar pra conhecer a maternidade, ele mesmo de cara já amou, o pai poderia assistir o parto, era um quarto de pre parto, o bebe viria direto pro meu colo, tinha bola de pilates, tinha banquinha pra parir de cocoras. Eu só podia estar na partolândia, hehehe.
Com 38 s e 5 d , comecei a sentir as contrações, vinham de 3 em 3 hs. Chamei a sogra pra descermos o morro (ela mora no morro), por que me deu uma vontade louca de comer açai, e la vai a doida com contraçao descendo e subindo morro pra comer açai, açai esse que pus pra fora assim que cheguei em casa hihihi.
Na madrugada do dia 28/10/12 (gente e a cesárea? Bem, eu não fui, minha medica me ligou, mas eu não atendi) passei mal, acordei com uma dor insuportável, sensação era de uma caminhão passando na minha barriga. E ela ficava dura, de 10 em 10 min, e eu pensava “Gente como assim tão rápido?”, e acorda marido, e acorda sogra, e as dores aumentando, corre td mundo pra lá e pra cá, vão pro carro, ligam o carro, e a gravida gente?
Bem, a gravida eles esqueceram lá na sala sentada, ai volta sogra me pega pelo braço, e eu só falava “Me leva pro hospital da Mãe, por favor , amor eu quero ir pra la”.
E fomos pra lá, chegamos, dei entrada e ja estava com 6 cm de dilatação,  “Vai ser rápido” pensei eu com minha inocência, haha.
Demos entrada as 6:50 da manha e meu filho nasceu as 11:43, marido assistindo a tudo, chorando comigo. Na hora do expulsivo eu  so olhava pra ele e falava “Nao vou conseguir vida” e ele “Vai sim, vc é forte, nosso filho ja ta saindo”.
E faz força, e faz força, e vem bebe da mamãe, lindo, td sujinho de uma gosminha branca rs, vem direto pro peito, não consegue pegar, mas
ficou la no meu colo, eu sentindo aquele cheirinho único e amando aquele momento…
Cintia Matias Queres Barreto, 23 anos, mãe do Gabriel de 1 ano e 9 meses.
cintia relato parto

O importante, é que o marido respeitou sua vontade e a apoiou! E olha a alegria dele? Momentos impagáveis de felicidade!

cintia relato parto 2

O lindo e amado Gabriel!!!

Semana que vem teremos outro maravilhoso relato de parto! NÃO PERCAM!
By Lucinha
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s